Gonçalves Correia. Mais alguns apontamentos.

Posted on 2 de Maio de 2013

0


BNP_N61_CX57-1286

A memória de Gonçalves Correia encontra-se cada vez mais viva. A tal se deve em boa parte o esforço de familiares e investigadores, aproximando-se a este anarquista numa afinidade que, à medida de cada um, ultrapassam o mero interesse académico ou geneológico. Por isso Gonçalves Correia permanece pelo Alentejo, bem para lá da simples memória de uma “figura local”. Em muito tem contribuido para isso Francisca Bicho. E estão já disponíveis no blog António Gonçalves Correia os seus dois recentes artigos publicados n’ A Batalha. Da sua autoria encontramos aí igualmente um conjunto de materiais que fizerem parte da exposição que passou na Cuba.

E no  Sistema de Informação MOSCA, a cumprir cada vez mais o resgate da Memória Libertária em Portugal, encontrámos estes testemunhos de correspondência  de 1932 do anarquista de São Marcos da Atabueira, que não quisemos deixar de partilha

BNP_N61_CX57-1285a(1)

Anúncios