Browsing All Posts filed under »Memória e Anarquismo ao Sul«

António Ferreira de Jesus (1940-2013)

Novembro 9, 2013

2

…/ protagonista activo de várias lutas pela justiça e pelos direitos de cidadania dos presos. Ele é hoje uma referência ética e cívica para os que não se deixam degradar pelo sistema, que não se atolam no lodaçal das drogas e dos tráficos, para os que não se vendem. /… É com muita tristeza que […]

Memória Libertária

Junho 14, 2013

0

Resultante do Projecto Mosca: Movimento Social, Crítico e Alternativo – Memória e Referência  é agora editado “Roteiros da Memória Urbana de Setúbal – o roteiro dos espaços, dos homens e das organizações sindicalistas revolucionárias e anarquistas em Setúbal “ de João Freire e M. Alexandre Lousada (Lisboa, Colibri / MOSCA, 2013). O livro será lançado […]

Aljustrel: Exposição António Gonçalves Correia, a utopia de um cidadão

Junho 14, 2013

3

A exposição itinerante “António Gonçalves Correia, a utopia de um cidadão” poderá ser vista até ao dia 28 na Biblioteca Municipal de Aljustrel, a localidade onde surgiu o colectivo anarquista Gonçalves Correia, a que respeita este blog, no âmbito do espaço e experiência que foi o Centro de Cultura Libertária de Aljustrel (2006-2009). A nota de […]

Exposição de Gonçalves Correia no Alvito… e uma cantiga da Comuna da Luz

Maio 11, 2013

0

“Recorda-se da Comuna? O que era isso? Como é que lá se vivia? Recordo-me muito bem. O Gonçalves Correia era muito amigo do comunismo e conseguiu que fossem para lá trabalhadores rurais e sapateiros fazer uma comuna. Agora como viviam não sei, porque era lá longe na charneca e nunca lá fui. Mas lembro-me de […]

Gonçalves Correia. Mais alguns apontamentos.

Maio 2, 2013

0

A memória de Gonçalves Correia encontra-se cada vez mais viva. A tal se deve em boa parte o esforço de familiares e investigadores, aproximando-se a este anarquista numa afinidade que, à medida de cada um, ultrapassam o mero interesse académico ou geneológico. Por isso Gonçalves Correia permanece pelo Alentejo, bem para lá da simples memória de […]

1º de Maio: ontem e hoje

Abril 29, 2013

1

…/ demonstraram em palavras cheias de rasgos e indignação, o que era o 1º de Maio, fazendo ver que esse dia pelos operários festejado com músicas e jantaradas, é a maior afronta que todos poderemos fazer a esses nossos tão gloriosos antepassados; victimas como nós, de uma casta que á força nos quer canibais /…. […]

A Comuna Clarão. Experiências libertárias em Albarraque

Abril 22, 2013

2

  “ – A Comuna Luz acabou – mas fundei ao pé de Sintra, em Albarraque, a Comuna Clarão. Logo que sai da cadeia, eu e os meus amigos não pensamos noutra coisa. Já lá temos um prédio e terras. Vamos dedicar-nos à horticultura, à floriculturta, à pomologia. O nosso objectivo é tolstoinano. Salvaremos as crianças […]